Home NOTÍCIAS MINISTÉRIO DO IDOSO Paulistana realiza encontro de idosos
Paulistana realiza encontro de idosos PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 
Escrito por Eber Pola   
Sex, 23 de Março de 2012 16:23

Centro de Treinamento sediando o eventoEntre os dias 14 e 15 de março, aconteceu no Centro de Treinamento de Cotia, o primeiro encontro de idosos do Ministério do Idoso da Associação Paulistana (AP). O evento contou com a presença de 300 pessoas e destacou os temas de família,  seus direitos, saúde, qualidade de vida e equilíbrio emocional.

No início das atividades, o pastor Jorge Peduti, distrital de Pinheiros, destacou a importância de olhar a vida de forma positiva. Ele disse que o idoso  é feliz por ter uma  bagagem de vida diferenciada na sociedade.

Tratar sobre o assunto dos direitos do idoso foi o destaque da programação. Na ocasião foram distribuídos o Estatuto do Idoso, doados pela Coordenadoria do Idoso do Município de São Paulo.

Ao receber os estatutos, os participantes receberam orientações das advogadas Janaina  Zanetti Stabenow - área do direito da família e Adriana Zorub Fonte Feal - presidente da Comissão dos Direitos dos Advogados Idosos -OAB / SP.  

Momento da palestra sobre o Estatuto do Idoso“Achei muito importante o manual do idoso. Temos os nosso direitos e não sabemos reinvidicá-los. Gostei muito de ter vindo no encontro e estou bem informado”, declarou Benedito Dias da Cunha de 66 anos, da igreja de Vila Antártica, Praia Grande.  

Dados estatísticos  no Brasil confirmam 21 milhões de idosos. “Só agora que a sociedade está se preparando para atender as necessidade do terceiro setor. A iniciativa da igreja em promover encontros como esse já é um grande passo”, disse a palestrante Adriana, que é membro da Comunidade Árabe de São Paulo.

Nadma Forti, diretora do  Ministério da Criança e do Adolescente da AP, destacou na sua palestra o relacionamento entre avós e netos. Ela revelou que os netos são um presente especial de Deus, mas que a responsabilidade de educar é dos pais. “Os avós são uma referência segura no desenvolvimento da criança com a demonstração de carinho e afeto”, disse Nadma.

Recreação entre os idososApós as orientações do médico Manfred Krusche, sobre exercícios físicos e de como prevenir a doença do Mal de Alzheimer, os idosos partiram para as aulas práticas e de recreação, com aulas de hidroterapia, caminhadas, alongamento, jogos com bolas e outras atividades. Eremita Oliveira de 79 anos, chegou bem inteira da caminhada. “Se eu ficar em casa assistindo TV e comendo o tempo todo, eu sei que vou morrer antes da hora. Nós precisamos participar mais”, resaltou.

Para a coordenadora do evento Silvana Cazonato, a vida civil do idoso precisa ter um significado e esse é o objetivo do encontro. Tivemos momentos de confraternização, recreação e informações bem específicas para dar o suporte na vida do idoso.“Por ser um ministério novo na igreja, nós já estamos programando um treinamento para os líderes dos idosos das igrejas”, concluiu Cazonato.
O pastor Jorge Mário, diretor de Lar e Família da AP - que encerrou o evento - disse que a vida é um dom de Deus e que precisamos louvar e agradecer pela vida. Deixar as mágoas do passado, as frustrações e viver com alegria.